Você está em:   Home     Lançamentos     Lenga-lendas de um pequeno burguês
Lenga-lendas de um pequeno burguês

Lenga-lendas de um pequeno burguês



Autor: Walter Paixão
Editora: In House
Edição: 2015 -
Páginas: 232
Setor: Geral / Ensaios
Categoria: Biografias - Autobiografias

R$ 30,00


Adicionar este livro ao carrinho de compras

O livro começa resgatando episódios da história  familiar e cenas da cidade de São Paulo. Depois, naturalmente, coloca o leitor diante da luta que parte de uma esquerda, autodenominada ‘revolucionária’, travou contra a ditadura militar. Lenga-lendas de um pequeno burguês foi o título que o autor, Walter Paixão (ex-operário, ex-bancário, ex-jornalista, ex-professor de Filosofia e ex-Analista Tributário da Receita Federal), encontrou para suas memórias. 

Perguntado sobre o significado que atribui ao  título, Walter afirma que suas histórias não são “histórias de historiador”, porque nasceram menos da pesquisa e análise de documentos do que da tradição de oralidade  da nossa cultura. Portanto,  em que pese a ação do editor em que se converte todo escritor, inclusive ele próprio, suas histórias foram sendo  fixadas na memória  ao longo do tempo, em conversas consigo mesmo,   verdadeiras lenga-lengas. Mas, ao tratarem das circunstâncias da sua entrada na política,  da prisão no trabalho e da fuga empreendida em companhia da esposa, e tocarem  em temas e personagens conhecidos da história da cultura e da política do nosso país, adquirem ares de lenda. Daí, a tentação, a que cedeu, de chamá-las de ‘lenga-lendas’. Quanto ao ‘pequeno-burguês’,  que qualifica estas lenga-lendas, o autor explica que a expressão constitui simples descrição da situação de classe em que veio ao mundo e na qual permanece. Mas constitui também ironia que dispara contra certa militância de esquerda, auto-denominada ‘revolucionária’.

O que Walter nos resgata ao longo destas memórias, sob a forma de pequenas crônicas e contos, são retratos indisfarçadamente amorosos de uma urbs, uma sociedade e um país que já vamos apagando na memória ─ retratos de onde extrai a comovente seiva de idealismo que alimentou toda uma geração de jovens brasileiros nos anos 60 e 70.

Ofertas válidas até o término de nossos estoques para a Internet. Vendas sujeitas à análise e confirmação de dados.
© 2014 - República do Livro, Todos os Direitos Reservados.
atendimento@republicadolivro.com.br